sexta-feira, agosto 2

Expressões

Há tanta coisa a mudar, já reparaste? Continuo a achar o que somos tão pequenino no meio de tantas pessoas, mas ao mesmo tempo tão grande. Já consigo decifrar o cheiro e o sabor do teu perfume. Já consigo adorar o espaço que tens para mim ai dentro. Já consigo adorar a ideia de poder pertencer-te, mas por outro lado não me consigo esquecer da tua voz rouca. Não me consigo esquecer das melodias que me cantas de noite. Não me consigo esquecer do teu rosto a transbordar de felicidade. Não me consigo esquecer de cada pormenor teu. Não me consigo esquecer de tudo aquilo que me trouxeste, de tudo aquilo que me dás de novo. E é mesmo por isso que eu preciso de ti, preciso daquilo que és. Há tanta coisa a mudar, já reparaste? Pergunto-te eu todos os dias. Talvez para que percebas que é mesmo isso que se passa presentemente entre nós, entre aquilo que somos. Existe tempo para tudo. Tempo para acreditar e tempo para amar, mas existe também tempo para aprender a ser feliz, e realmente isso faz-me crescer, muito. Não há uma possibilidade de alguém aparecer na nossa vida por acaso. Há ou pelo menos deveria de haver uma razão. Temo perder aqueles pequenos detalhes do teu ser. Temo perder-te.
E sabes, é uma loucura tudo aquilo que somos, mas gostar de ti faz-me tão bem!

6 comentários:

  1. Anónimo19:34

    Meu Deus! Voltaste e com toda a força. Obrigado por transmitires todos esses sentimentos, pois nós gostamos.

    ResponderEliminar
  2. R: Muito obrigada, anjo.

    oh, amei o teu texto! <3

    ResponderEliminar
  3. Gosto mesmo de blogs assim, repletos de sentimento, de força nas palavras.
    De certeza que vou voltar.

    Um beijo :)

    ResponderEliminar
  4. identifico-me tanto princesa! está lindo :)

    ResponderEliminar
  5. Uau que texto lindo...
    Tambem sigo :))

    ResponderEliminar
  6. Texto lindo, escreves muito bem! Sigo-te, um beijo

    ResponderEliminar