sexta-feira, dezembro 14

Duplo amarguramento

Está a chover lá fora e eu não sei mais quanto tempo aguentarei. Parece que continuas sem estar aqui e eu nem sei quando estarás; Os dias vão passando e aquela ausência, terrível, da tua pessoa vai aumentando. Já não preciso de estudar, pelo menos durante umas quantas semanas, mas para mim continua a ser tudo igual; tudo está estável, nada se moveu, e isso aborrece-me. Aborrece-me demasiado porque não sei o que fazer comigo. 
Tomei o poder, egoísta, de inundar-me em sentimentos amargurados, mas, sabes, isso já cansa. Chego a ter dúvidas daquilo que existe e consigo acreditar muito mais naquilo que, de todo, não existe. Encolho os ombros, cruzo os braços, debruço-me sobre a mesa, fecho os olhos e fico por ali. Amarrotando todas as folhas escritas e semi-nuas. Eu não quero mais pertencer-te, não quero mais fingir que está tudo bem, quando eu sei perfeitamente que não está. Mas, agora é fechar os olhos... fechar os olhos e, quando os voltar a abrir, erguer a cabeça e a alma. E seguir outro caminho. Que não o teu. Esse já me iludiu em demasia.
Continua a chover lá fora, estou às escuras, continuo com medo... medo de não conseguir ir, porque... nem eu sei.

20 comentários:

  1. Princesa, vives o que não deves viver, porque a escuridão só te faz mal, a dor dá cabo de ti e o desespero acabará por matar-te. Esta vida não te faz bem, tens de ter força para fugires, para correres outro caminho que não este sem olhar para trás - SEM OLHAR PARA TRÁS. Porque se olhares, provavelmente vais regressar ou parar ou ficaste. E, assim, nunca conseguirás ser feliz. A felicidade bate-te à porta todos os dias, só tens de lhe abrir a porta e a receber de braços abertos. E não duvides nunca que o amor encontra-nos sempre. Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  2. Estou aqui, sabes? Estou aqui. Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  3. *ou parar onde ficaste

    ResponderEliminar
  4. Só não consegues se é mesmo esta vida que queres, esta negridão. <3

    ResponderEliminar
  5. Bem, eu fiz um novo blog, para me tentar esquecer deste. Mas, tive saudades de todos vocês, que deixaram de me ler, e de ter curiosidade sobre todas as minhas coisas, e acabei por voltar ao antigo ( este ). Vou agora mudá-lo por completo , para se fazer sentir a mudança, que ocorreu também na minha vida. Algum dia teria de ser não é? Um grande beijinho, com imensas saudades de todo o apoio que me davam, e que eu por vezes, tanto necessito. *

    ResponderEliminar
  6. sim, claro , tens razão. Obrigada pelo tempinho *

    P.S- adorooooo o teu texto*

    ResponderEliminar
  7. depois da escuridão vêm sempre luz, pensa nisso filipa :)

    ResponderEliminar
  8. Espero que a alteres princesa, até porque mereces ser bem feliz e ser amada como tem de ser. Mil beijinhos cheios de forças <3

    ResponderEliminar
  9. O prazer que me dás ao ler-te já é muito bom, obrigada <3

    ResponderEliminar
  10. Sempre. Estamos juntas, sim? <3

    ResponderEliminar
  11. Ainda bem, princesa linda. Vai divertir-te <3

    ResponderEliminar
  12. Fala-me do teu livro. Isso é maravilhoso, sempre quis fazer um mas acho que nunca conseguirei. <3

    ResponderEliminar
  13. Vou querer lê-lo, princesa. Já tens quantas páginas? E o livro que sempre quis escrever é sobre o meu passado horrendo, não na minha pessoa mas noutra. Um dia, quem sabe <3

    ResponderEliminar
  14. Fazes bem princesa, depois quando o terminares, diz-me. E eu se um dia fizer, prometo logo dizer-te. <3

    ResponderEliminar
  15. Ainda bem, pequenina. <3

    ResponderEliminar
  16. está lindo o texto, adorei! sigo

    ResponderEliminar
  17. Obrigada princesa <3

    ResponderEliminar
  18. oh muito obrigada, mesmo (:

    ResponderEliminar