sexta-feira, dezembro 27

Movimento

Anoiteceu. Alcoolizei o meu corpo com o cheiro do teu perfume e agarrei-me a pedaços de céu escuro, enquanto deixava escorregar pétalas de amor sobre ti. A tua respiração pausada e ritmada, amalgava-se no silêncio enublado da noite. 
No teu rosto, choviam lágrimas disfarçadas e vestidas de uma infelicidade existente em ti. Estavas num estado semi-adormecido, mais uma vez. Afundei-me junto ao teu corpo e decorei as feridas banhadas na tua pele gélida. Ousei sentir a tua respiração sobre o meu pescoço, naquele teu silêncio ensurdecedor. Amei-te nesta noite, e em tantas outras. 
Por fim, cravei o meu cansaço nos lençóis, congelei o meu movimento, e tornei a perder-me em ti.

11 comentários:

  1. que belo e como eu gostava de ter alguém em quem me perder!

    ResponderEliminar
  2. Já não me sinto assim há muito tempo. Quer dizer, acho que nunca tive essa experiência.

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso! Que sentimento de entrega, esperançoso mas com alguma dor entre tudo. Uau. Como te expressas nos segredos da noite em alguém que amas...

    ResponderEliminar
  4. que lindo.adorei o blog. sigo-te.

    ResponderEliminar
  5. "Amei-te nesta noite, e em tantas outras." oh, espero que adores tanto ler-me como eu adoro ler-te a ti. adoro!:)

    ResponderEliminar
  6. querida filipa, um anónimo deu-me a sugestão de entrevistar um dos meus blogs preferidos, e com certeza que o teu não poderia faltar lá...! espero que não te importes, um beijinho:)

    ResponderEliminar
  7. Nem sabes o quão encantador e apaixonante é aquilo que tu escreves :) que saudades de me sentir assim, de amar dessa forma tão bonita e de me perder em alguém.. beijinhos!

    ResponderEliminar
  8. Gostei bastante do blog, estou a seguir.

    ResponderEliminar
  9. gostei do teu blog, sigo *

    ResponderEliminar
  10. Está lindo. Disseste por poucas palavras o que eu nem em mil conseguiria dizer. Tens muito talento! (vou seguir *)

    ResponderEliminar
  11. somente uma palavra: LINDO

    ResponderEliminar